Navigation-Menus

Vaga para Ponto Focal de M&A


O ICAP-Moçambique, uma Organização não-governamental que apoia a implementação do Plano Estratégico Nacional para o combate às ITS/HIV/SIDA em Moçambique em parceria com o Ministério da Saúde, pretende recrutar 1 (um) profissional para ocupar a posição de Ponto Focal de M&A


Localização: Nampula


Resumo da Posição

O papel principal do Ponto Focal de M&A é de supervisionar e gerir as actividades dos Assistentes de Dados das Unidades Sanitárias (US) da região indicada, analisar todos os dados gerados nas US atribuídas de modo a garantir uso atempado e apropriado de informação para a tomada de decisões e reportar dados isentos de imprecisões aos níveis superiores incluindo o doador e o Ministério da Saúde. O Ponto Focal de M&A estará baseado numa das US de grande volume, porém irá efectuar visitas regulares às US da sua região.

Principais responsabilidades:

Assistência técnica

  • Prestar assistência técnica às US designadas, para garantir a qualidade de dados, realizar os relatórios de rotina e análise e avaliação de desempenho dos programas chave (ATS, cuidados e tratamento HIV, PTV, TB)
  • Actuar como Ponto focal de M&A em duas US com pelo menos 1,000 pacientes, assegurando o seu apoio técnico rotativo semanal por dois dias por cada US e ainda dedicando o tempo remanescente no apoio às US de menor volume. 
  • Em coordenação com a equipe da US, organizar campanhas de arrumação de arquivo e limpeza de dados
  • Apoiar a US e a Recepção na gestão correcta dos ficheiros clínicos, em linha com as normas do MISAU;
  • Agir como ponto focal de M&A nas US e nas comunidades que lhe foram indicadas, desempenhando as seguintes tarefas:

Actividades diárias

  • Efectua triangulação de dados gerados a partir do SESP no fim de cada dia em que estiver na US com os dados das fichas clínicas, livros de registo, dispensas na farmácia incluindo do i-DART, de modo a garantir que os dados nas diversas fontes sejam os mais actualizados e reflectindo o que aconteceu no dia; 
  • Apoia os Assistentes de dados na geração de lista de pacientes em TARV de acordo com a solicitação da equipa clínica. 

Exemplo de listas:

  • Pacientes elegíveis a exame de carga viral,
  • Pacientes elegíveis com exame de carga viral no período; (iii) Pacientes esperados para consulta/levantamento;
  • Pacientes declarados como saída e que ainda recebem ARVs;
  • Pacientes em segunda linha;
  • Pacientes com agendamento de levantamentos ao sábados e domingos;
  • Seguimento de paciente na retenção precoce;
  • Listas de pacientes nos MDS;
  • Pacientes que mudaram de regimes terapêuticos;

Usa o Checklist de apoio técnico em monitoria e reporta mensalmente no SICAP para monitorar o fluxo de dados entre os pontos de serviço para identificar áreas na US que precisam de apoio no preenchimento dos livros de registo, processos e resumos e garantia de fluxo atempado de dados entre os pontos de serviço, laboratório e farmácia; 

Fornece mentoria contínua ao pessoal por cada ponto de serviço da US para o seguimento dos procedimentos de colecta e reporte, completude de livros de registo e processos clínicos e manutenção dos arquivos clínicos actualizados;

Supervisiona a qualidade do trabalho dos assistentes através de actividades de triangulação de dados e reporta a Gestor de M&A o Instrumento mensal de Monitoria & Reporte das actividades dos Assistentes de dados

Actualizar as planilhas de reporte diário por exemplo monitoria de TX_Curr, etc. sempre que necessário.

Actividades semanais

Apoia o Assistente de dados na triangulação Semanal de dados gerados no SESP com os dados captados pelo ponto focal da US por ponto de serviço e também com os dados gerados aquando do uso do Checklist:

1. Testagem e Ligação aos Cuidados nos vários sectores e comunidade

2. Novos Inscritos aos Cuidados vs Livro de Pre-TARV

3. Inicios TARV epts vs Livro de TARV

4. Novas Inscritas Gravidas vs EPTS

5. Novos Inscritos no Programa de TB vs EPTS

6. Pacientes com dispensa de ARVS (Farmácia e paragens únicas) vs EPTS 

7. Resultados Laboratoriais vs EPTS

8. Actualizar as planilhas de reporte semanal de sua responsabilidade

  • Apoia o ponto focal clínico da US e com apoio dos Assistentes de Dados organiza dados para o Comité TARV;
  • Faz a síntese das constatações do Comité TARV e elabora o plano de acção;
  • Preenche formulários de reporte semanal e envia aos níveis superiores, tais como moldes de reporte de retenção semanal, de diagnóstico precoce infantil, de profilaxia pré-exposição, de despiste e manejo de cancro de colo uterino, e quaisquer áreas que forem definidas.
  • Presta apoio técnico às US na revisão da qualidade dos instrumentos de registo primário, dando feedback ao provedor e ao ponto focal da US;
  • Faz a compilação semanal dos dados de testagem e verifica a ligação dos pacientes aos cuidados dos utentes testados Positivos nos diversos sectores;
  • Planifica e faz a recolha e completude de dados no SICAP dentro dos prazos estabelecidos do processo de recolha de dados mensais 

Actividades mensais

Conduzir triangulação de dados mensais entre os relatórios de dados por ponto de serviço e aqueles que constam do SESP, 

i-DART, MMIA, SICAP e SISMA da US designada;

Conduzir triangulação de dados mensais entre o somatório de dados reportados diária e semanalmente pelo ponto focal da US e aqueles relatórios produzidos pelos pontos de serviço e aqueles que constam do SESP, SICAP e SISMA;

Garantir que os dados de activos em TARV estejam alinhados com os dados de levantamentos de ARVs na farmácia;

Apoiar na Elaboração do resumo do MMIA e garantir que os dados estejam consistentes com o LRDA & IDART.

Apoiar o ponto focal da US na preparação e facilitação dos encontros mensais de estatística;

Para além de participação activa nos encontros mensais de estatística, deve:

(i) Partilhar com a área clínica os progressos para as metas nos indicadores chave que requerem remediação;

(ii) Dar formações em trabalho no uso de ferramentas de M&A, livros de registo, processos clínicos e fichas de reporte;

(iii) Estimular o uso de dados mediante partilha e discussão pormenorizada em áreas de programas específicos ou indicadores de processo; e

(iv) gerar gráficos e tabelas de desempenho mensal, imprimir e afixar na US;

  • Apoiar na condução dos DQA de dados agregados (i-DQA) e de dados individuais (SESP-DQA) que se realizam numa base mensal/trimestral sob orientação da equipa provincial.
  • Faz a entrada atempada e verificação de qualidade dos dados agregados no SICAP para as US designadas, mediante uso da ferramenta data quality/ análise de coberturas atraves do Pivot Table no SICAP.
  • Trabalhar com equipe clínica de ICAP-Moz para preparar os materiais de retro-informação para as US e SDSMAS (ex. resultados de ADQ, gráficos, relatórios de dados de nível de pacientes, etc..)

Gestão & Comunicação

  • Elaborar planos de actividade, com a periodicidade mensal ou semanal e partilhar com os pontos focais das US e Gestor de M&A.
  • Fazer a gestão dos Assistentes de Dados, monitorando os seus planos de actividades e prover assistência técnica em tempo útil.Comunicar ao seu superior a submissão dos dados mensais no SICAP e alerta sobre quaisquer variações que 
  • Careçam de observação ou revisão na US. 
  • Garantir a necessidades de recursos necessários para o funcionamento da US
  • Fazer avaliação de desempenho do Assistente de dados mensalmente

Habilitações literárias

Formação profissional com grau universitário em áreas relacionadas com saúde, estatística, ou ciências sociais.

Experiência, habilidades e qualificações mínimas

Experiência de trabalho mínima de 1 ano em monitoria de programas de HIV e familiaridade com o ambiente de trabalho das unidades sanitárias do SNS.

  • Familiaridade com relatórios e indicadores PEPFAR em Moçambique
  • Experiência em monitoria de qualidade de dados – DQAs
  • Experiência em análise de dados e produção de relatórios
  • Domínio de elaboração de apresentações usando o Power Point
  • Domínio do DHIS2 e de MS Excel na óptica de usuário analista
  • Familiaridade com OpenMRS, I-Dart ou DisaLab

Requisitos de Viagem 

Viagens frequentes ou contínuas para unidades sanitárias serão necessárias e ainda viagens para o escritório provincial poderão acontecer em não mais de 30% do tempo de trabalho.

Os interessados devem submeter as suas candidaturas através do website: https://icapacity.icap.columbia.edu/en-us/job/495742/ma-focal-point até ao dia 13 de Outubro de 2021.

Post a Comment

0 Comments